EDITAL DE PROFICIÊNCIA DO DLE/CAMEAM: INSCRIÇÕES ABERTAS

Os interessados devem fazer a inscrição para os exames de proficiência, objeto deste Edital, de forma presencial ou por procuração (com firma reconhecida em cartório) no período de 15 de maio a 01 de junho de 2018, no horário de 7h30 às 11h e de 19h30 às 21h, na Secretaria do Departamento de Letras Estrangeiras localizado no Bloco “C”, Sala 04, no CAMEAM/UERN.

Edital 002/2018 - DLE/CAMEAM/UERN, que versa sobre o processo de abertura para Exame de Proficiência em Língua Estrangeira.

EVOLUÇÃO DE RENDA DO 1% MAIS RICO: BRASIL E REGIÕES (2016-2017)


PLANDITES: Homologação de Inscrições para a Seleção 2018

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Planejamento e Dinâmicas Territoriais no Semiárido (PLANDITES), do Campus Avançado Profa. Maria Elisa de Albuquerque Maia (CAMEAM), da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna público, pelo presente Edital, a homologação das inscrições do processo seletivo 2018 e convoca os candidatos para a realização da prova escrita para o curso de Mestrado Acadêmico em Planejamento e Dinâmicas Territoriais no Semiárido.

EDITAL AQUI

Os candidatos com inscrição indeferida têm o prazo de até o dia 16 de maio de 2018, no horário de 8h às 11h, para regularizar a situação de sua inscrição junto à secretaria do PLANDITES.

DA PROVA ESCRITA

2.1. Os candidatos inscritos estão convocados para a prova escrita, a ser realizada no dia 17 de maio de 2018, das 8h às 12h (horário local), e terá duração de 04 (quatro) horas, no Campus Avançado “Profa. Maria Elisa de Albuquerque Maia” (CAMEAM), Rodovia BR-405, Km 153, Bairro Arizona, CEP 59.900-000, Pau dos Ferros/RN, Bloco B (Vertical), 3º Piso, Sala B29 e Sala B 30 – CAMEAM/UERN.

Maiores informações no site do PLANDITES (http://propeg.uern.br/plandites), aba Editais.

CAMEAM/UERN: IV Exposição Temática do Museu de Cultura Sertaneja

O Museu de Cultura Sertaneja (MCS) e o Programa Raízes da Cultura Sertaneja (PROCULT) - 4ª edição, convidam para participar da Semana de Museus, que acontecerá do dia 16 a 18/05/2018, com visitações guiadas a IV Exposição Temática do MCS "Andanças e memórias dos vaqueiros no Alto Oeste Potiguar". 

Convidamos, especialmente, para o  Festival de Cordel e III Boca de Noite do Museu  que acontecerão no dia 16/05/2018, às 19h, no jardim do CAMEAM/UERN (em frente ao Museu). 

Estão todos convidados. Será uma noite de poesia e prosa.

Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGE): SELEÇÃO DE ALUNOS ESPECIAIS 2018.1

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGE) torna pública, pelo presente edital, a seleção para preenchimento de vagas de alunos especiais do PPGE no semestre 2018.1.  

A causa, as formas teóricas de manifestação e o conteúdo da crise capitalista: Uma análise marxiana


RESUMO

O presente artigo buscou detectar as formas de manifestação teóricas da crise de superprodução na atual crise, denominada de crise financeira ou do subprime. Para tanto, se baseou no trabalho de sistematização feito por Ribeiro (2008), elaborado a partir da obra de Marx, O Capital. O surgimento da mercadoria (ao criar a contradição VxVU) e do dinheiro (ao ampliá-la), já se constituem nos elementos que tornam a crise de abundância uma possibilidade, numa sociedade de produtores individuais de mercadorias. Por sua vez, o modo capitalista de produção, ao ampliar as contradições mencionadas e criar uma série de outras novas e de elementos potencializadores destas, torna a crise de surperprodução uma necessidade, de modo que do nível das possibilidades, ela se torna uma realidade. O caráter social da produção em contradição com a apropriação privada capitalista, consiste na maior de todas as contradições, que faz parte da essência do modo capitalista de produção.

Palavras-chave: crise, contradições, subprime

EXTREMA POBREZA: BRASIL E REGIÕES (2016-2017)


POLÍTICA POTIGUAR: "FULEIRAGEM" EXPLÍCITA

Resultado de imagem para troca troca de partido

Porque o PSDB cresceu tanto no RN? 

Seria uma 'onda' de amor ao pássaro do bico longo que tomou conta dos corações de políticos potiguares? 

Seria a força do "Chuchu" Alckmin?

Seria alguma 'virtude' política até então desconhecida de Ezequiel (presidente da assembleia potiguar)?

Creio que a desabalada carreira para o ninho tucano potiguar tem relação com uma 'força estranha' que só quem preside a assembleia legislativa do RN toma conhecimento.
Resultado de imagem para bordão mistério

Mas a "fuleiragem" explícita ganha corpo mesmo à medida que nos aproximamos do pleito eleitoral.

Refiro-me ao comportamento de centenas (talvez milhares) de 'lideranças' políticas que trocam de lado. Sem motivação aparente vão mudando o apoio de uns para outros candidatos. Muitos mudam mais de uma vez no mesmo processo eleitoral.

E tome fotografia de 'ade$ão'!!!

Todas as eleições temos a repetição do 'fenômeno' da "fuleiragem" explícita!

A principal explicação? Até os grilos da caatinga 'sabem' a re$po$ta.

FORÇA DE LULA: Empresários preferem ex-presidente e rejeitam Flávio Rocha no RN

Antes que alguém diga que é fake news: a pesquisa foi encomendada pela FIERN!

A pesquisa FIERN/Certus traz dados interessantes que vão além dos números tradicionais da disputa eleitoral. Uma das perguntas no questionário é o voto para a presidência da República com base na atividade de ocupação do eleitor.
A pesquisa dividiu os entrevistados em funcionário público, trabalhador da área privada com carteira assinada, empresário, trabalhador do setor informal, atividade do lar, aposentado, desempregado e profissional liberal.
Com 40,07% das intenções de voto no total, o ex-presidente Lula é o preferido em todos os segmentos. Um dos dados que mais chama a atenção, no entanto, é a preferência do setor empresarial.
Levando em conta só o voto dos empresários do Rio Grande do Norte, o ex-presidente Lula é o preferido com 25,64% dos votos. Já o dono das lojas Riachuelo Flávio Rocha, pré-candidato pelo PRB, foi citado por apenas 2,56% dos eleitores.
Com raízes no Estado, Rocha tem, entre os empresários potiguares, o mesmo percentual de intenção de voto que o líder do movimento dos trabalhadores Sem-Teto Guilherme Boulos (PSOL).
Outro número que chama a atenção é que o setor empresarial não é onde Rocha teria mais apoio. O percentual de votos junto a funcionários públicos, categoria que ele costuma chamar de parasitas, é um pouco maior: 3,51%.
Depois de Lula, os empresários potiguares gostariam de ver Jair Bolsonaro (PSC) na presidência. O deputado federal obteve 17,95% das intenções de voto junto ao setor.
Atrás de Lula e Bolsonaro, os empresários apontaram a ex-ministra Marina Silva (Rede), com 5,13% das intenções de voto. Empatados, com 2,56%, aparecem Guilherme Boulos (PSOL), Flávio Rocha (PRB), Joaquim Barbosa (PSB), Ciro Gomes (PDT) e Fernando Collor (PTC).
O ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) não chegou a pontuar entre os empresários.
Leia a pesquisa completa Certus/FIERN aqui.
SAIBA MAIS
-------------------------------------------------------------------------------
Os empresários potiguares preferem o líder dos sem-teto:
Com raízes no Estado, Rocha tem, entre os empresários potiguares, o mesmo percentual de intenção de voto que o líder do movimento dos trabalhadores Sem-Teto Guilherme Boulos (PSOL).
Resultado de imagem para EMOJI RINDO

I CONGRESSO NACIONAL DA DIVERSIDADE DO SEMIÁRIDO - I CONADIS

O primeiro Congresso Nacional da Diversidade do Semiárido nasceu a partir das provocações das edições anteriores do Congresso Internacional da Diversidade do Semiárido no sentido de pensar nacionalmente os problemas deste espaço. 

Nesta perspectiva a primeira edição do evento passeia por vários momentos históricos, políticos, econômicos, sociais e ambientais no semiárido vivenciados, trazendo a trajetória das obras contra as secas, da convivência, as tensões existentes e as possibilidades apontadas pela ciência, e provocando comunidade acadêmica e setores da sociedade a pensarem expectativas para o Semiárido brasileiro.


DATAS IMPORTANTES:

SUBMISSÃO DE TRABALHOS
 
Envie seu trabalho nas modalidades Comunicação Oral ou Pôster até 29 de outubro de 2018.
PRAZO DE INSCRIÇÕES
 
As inscrições poderão ser realizadas até o dia 29 de novembro de 2018. Os valores variam de acordo com a categoria e prazo de chamadas.
1ª chamada até 25/06/2018

MAIS INFORMAÇÕES: AQUI